13 September 2015

EM BUSCA DA INOCÊNCIA...

































É nas brechas, nas fendas, nos lapsos do continuum histórico e cultural, que talvez possamos encontrar ainda o eco longínquo da inocência.
É na Terra comum mas incógnita, nos pedacinhos presentes mas ignorados do mundo, nesses fragmentos distraídos do real -tempo e matéria- que procuro inspiração: a memória numa ruína, a simplicidade numa pedra, a eterna luz no sol dum amanhecer, a graça feminina descendo uma calçada, a exuberância grávida e um pouco cómica de uma abóbora no quintal
...

photo © Adão Moreira  


 



No comments:

Post a Comment